Na sequência dos graves incêndios de 2017, com as conhecidas consequências sociais, económicas e ambientais, que afetaram profundamente a Região do Pinhal Interior, a Sociedade Portuguesa compreendeu que o desordenamento e a ausência de gestão dos territórios rurais deveria, obrigatoriamente, sofrer uma transformação profunda com vista a aumentar a sua resiliência, diminuindo os riscos associados e promover a criação de riqueza.

A Sociedade compreendeu que sem a criação de riqueza e sem a valorização dos territórios, será impossível assegurar o seu ordenamento, a transformação da paisagem e a consequente redução do risco, pelo que, o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas tem promovido a elaboração de Planos de Reordenamento e Gestão da Paisagem, constituindo estes, o instrumento base para a transformação pretendida.

No âmbito do Concurso Público n.º 01/2020/ICNF/DRCNF-LVT, promovido pelo Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, a GKAPITAL foi adjudicatária do Plano de Reordenamento e Gestão da Paisagem (PRGP) do Pinhal Interior Sul, abrangendo uma área de 190.000 hectares dos concelhos de Mação, Sertã, Vila de Rei, Proença-a-Nova e Oleiros.

É nosso objetivo com a elaboração do PRGP, não só assegurar a Transformação da Paisagem, tornando-a mais resiliente aos riscos bióticos e abióticos, mas também, alicerçar essa transformação, na criação de uma economia regional diversificada, viável e sustentável assente em várias atividades que vão da Floresta à Agricultura, à Pecuária, ao Turismo e ao Lazer, à Industria, entre outras.

O endereço de email para assuntos relacionados com o Plano de Reordenamento e Gestão da Paisagem do Pinhal Interior Sul é sugestões.prgp@gkapital.pt.